Murakami pode conquistar o primeiro AA da carreira

Mai Murakami durante o campeonato mundial de 2017, Montreal. Foto: Globo Esporte
Atual campeã mundial no solo e quarta colocada na final do Individual Geral (AA), a ginasta japonesa Mai Murakami pode conquistar pela primeira vez o título AA em uma competição internacional da Federação Internacional de Ginástica (FIG). A Copa América acontece amanhã, 3 de março, nos Estados Unidos e terá participação de campeãs mundiais e medalhistas olímpicas

Ano passado, no campeonato mundial, após classificar-se em primeiro lugar para a final mais importante da modalidade, terminou em quarto lugar depois de cair da trave (BB), terminando a pouco mais de meio ponto da medalha de ouro - uma queda equivale à menos um ponto. A campeã na ocasião, Morgan Hurd (EUA), estará presente na competição de amanhã.

Murakami é excelente em 3/4 dos aparelhos, principalmente no solo e no salto, aparelhos nos quais possui excelentes dificuldade e ótima execução. A trave, apesar da composição de grande valor, é sempre um desafio para ela concluir o exercício com êxito. Nas barras assimétricas, ela também possui um exercício de boa dificuldade e, se tiver em um dia bom, pode conseguir uma boa nota também. 

A principal adversária de Murakami é a estadunidense Hurd. Ela reforçou todos os seus eventos: no salto melhorou a execução, nas assimétricas, trave e solo aumentou a dificuldade. Outra que se juntará á disputa pelo título será a também americana Maile O’Keefe, duas vezes campeã nacional Junior do AA. A menina tem a trave mais difícil da competição (6,4), e é muito boa nos demais aparelhos. 

Além destas, a competição terá a presença da campeã canadense Brooklyn Moors, da medalhista de bronze por Equipes nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro Mao Yi, da brasileira Fabiane Valentim. 

A competição será transmitia ao vivo pelo canal Esporte Interativo 2, às 13h30min (BRT).

Sem comentários